,

Dica Netflix: Good Girls

setembro 07, 2018

Até onde uma mãe de família é capaz de ir pra salvar a sua família? Na série Good Girls conhecemos 3 mamães que foram bem longe!

Amo navegar pela Netflix em busca de novidades e em uma dessas ocasiões me deparei com a série Good Girls.
As mamães de Good Girls
                                                   


Christina Hendricks interpreta Beth, mãe de quatro filhos que decide se separar após descobrir a infidelidade do marido, o revendedor de carros Dean (Matthew Lillard, o eterno Salsicha dos live-actions de Scooby-Doo). Ela só não contava com o detalhe das hipotecas não pagas de sua casa, e as contas raspadas até quase o fim. 



Mae Whitman dá vida a Annie, irmã mais nova de Beth. Caixa de supermercado recebendo 9 dólares por hora, é mãe de uma menina de onze anos que não se encaixa em seu gênero e sofre bullying na escola. As condições problemáticas de Annie são um alerta para seu ex-marido, Gregg, entrar na justiça contra ela pela custódia total da pequena Sadie. 





Retta, aqui num trabalho mais dramático do que o comum em sua carreira, interpreta a garçonete Ruby, mãe de duas crianças que luta com seu emprego para pagar o tratamento da doença renal de sua filha, orçado em dez mil dólares mensais. 



As três são mães de família, duas das quais são irmãs, lidando com problemas financeiros e maternais. Cansadas de estarem sempre perdendo, elas decidem planejar um assalto a um supermercado, e o sucesso do plano faz com que fiquem no meio de uma operação ainda maior e mais perigosa. 

Good Girls, criada e produzida por Jenna Bans, mostra o que acontece quando Breaking Bad encontra Thelma & Louise. A comédia com requintes de drama produzida pela NBC e distribuída pela Netflix no Brasil dá uma guinada feminina na história do protagonista bonzinho que vai tomando decisões questionáveis ao longo do caminho, e o resultado é algo completamente viciante. 

O caminho que a série traça a partir do assalto faz com que elas acabem mergulhando ainda mais na vida do crime. Para manter a roda girando, cada episódio traz um desenvolvimento ainda mais perigoso. Elas são confrontadas por uma gangue local, têm suas vidas ameaçadas, forçadas a fazer trabalhos, etc. Os novos acontecimentos são consequências da primeira ação, o que acaba fazendo com que elas permaneçam nesta espécie de vida do crime até o momento em que eventualmente começam a gostar do que estão fazendo. 

O traficante local 
                           

Com um elenco carismático, os dez primeiros episódios de Good Girls trazem piadas hilárias (algumas nem tanto), uma boa qualidade técnica, e o principal, a humanidade das três protagonistas. 

Devorei a primeira temporada e agora sigo no aguardo, cheio de ansiedade para saber o que a segunda temporada nos trará.

You Might Also Like

11 comentários

  1. Não conhecia essa série mais pelo que você disse ela é ótima tem uma boa trama, os personagens são bastante cativantes, a Netflix sempre com boas novidades em séries, gostei muito de saber mais da série, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucimar, é uma série maravilhosa, pode assistir sem medo :)

      Excluir
  2. Essa série é demais! Eu adorei e já tô ansiosa pela próxima temporada!
    hahahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. AAAAH que pena não tenho netflix, mais coloquei na minha lista de series. Não conhecia a serie, mais fiquei bem curiosa para assistir, quando eu tiver uma oportunidade vou assistir ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu estava procurando uma série pra assistir. Vi essa, mas não dei muito crédito. Agora, depois de ler sua resenha, fiquei com muita vontade de assistir.

    ♥ Blog Jesi Alves | Página do Face ♥

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda nao assisti, ms to veno mta gente falando

    ResponderExcluir
  6. Ainda não assistir essa série, mas já vi no catalogo da netflix, é sempre bom uma série que tenha umas piadas, vou colocar essa na minha lista

    ResponderExcluir
  7. Nossa tenho visto muitas r senhas desta série e me parece bem legal.Mesmo envolvendo questões mais sérias como o bullying na falta de identificação e a doença renal.Mesmo assim ainda tem espaço para risadas afinal a vida é feita de drama mas também de boas risadas.bjs

    ResponderExcluir
  8. Já vi essa série no catálogo da Netflix, mas ainda não senti aquela coisa de querer assisti-la. Tua resenha sobre ela me deixou curiosa, principalmente pq vc disse que elas não param no assalto ao super mercado... Fiquei curiosa!
    Vou tentar assistir. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Que legal, nao faz muito meu estilo, mas depois vou ver pra ver se vou gostar

    ResponderExcluir

Faça uma blogueira Feliz!
Deixe seu comentário, critica ou sugestão!

SUBSCRIBE NEWSLETTER

Get an email of every new post! We'll never share your address.

Pinterest